Se você é uma pessoa que possui visões ilimitadas para o futuro e tem o sonho de alcançar a liberdade financeira, saiba que o mercado de ações sem dúvidas é para você.

Porém, para começar a investir em ações, além de buscar conhecimento e estudar o mercado, é preciso seguir alguns passos básicos. Estar atento a todos eles garante que as decisões tomadas sejam de forma consciente e o mais importante, de forma segura. Confira a seguir.

1. Ter certeza de que esse mercado se encaixa com o perfil investidor

São muitas as opções de ações disponíveis para quem deseja entrar nesse mundo, como por exemplo, ações taee11, mas o primeiro passo antes de decidir comprá-las é se perguntar: qual é seu objetivo com o investimento? Seu perfil de risco é adequado para aplicar em renda variável? Quais são as chances de você precisar do dinheiro no curto prazo?

Por isso, faça algumas pesquisas sobre cada perfil de investidor para descobrir em qual deles você se encaixa para que, sem querer e por falta de pesquisa, não acabe embarcando em algo que vá te prejudicar futuramente.

2. Abrir conta em uma boa corretora de valores

Para começar a negociar na bolsa de valores, o investidor precisa possuir uma conta em uma corretora. Elas vão receber as ordens de compra ou de venda e executar as operações na B3 em nome deles.

Então, é preciso que você escolha uma corretora. Alguns dos pontos importantes para avaliar na hora de tomar sua decisão, são:

  • As taxas de corretagem; 
  • A facilidade de uso dos sistemas de negociação; 
  • A disponibilização de relatórios; 
  • Orientações sobre investimentos etc.

Para abrir uma conta é necessário enviar alguns documentos pessoais de identificação para a corretora e preencher alguns cadastros. Com a conta aberta, você poderá realizar uma transferência (via TED ou DOC) para que os recursos possam ser usados nas suas compras de ações.

3.Escolher a melhor estratégia

Depois de definir o seu perfil de investidor, os objetivos que tem para seu dinheiro e o momento do mercado, você deve escolher a estratégia mais adequada para negociar ações. Ela pode estar tanto focada nos ganhos de curto prazo, quanto visar o longo prazo.

Tudo depende de quanto tempo você estará disposto a dedicar à bolsa de valores cotidianamente.

4. Decidir entre a mesa de operações ou o Home Broker

Normalmente as corretoras oferecem duas opções de negociação para os investidores. O mais comum é o Home Broker, que é um sistema eletrônico onde o próprio investidor pode cadastrar suas ordens de compra e venda, podendo operar diretamente. A taxa de corretagem no Home Broker costuma ser de valor fixo.

Outra opção de negociação é a mesa de operações. Nesse caso, o investidor se comunica com um operador da corretora por meio do telefone, e-mail ou sistemas de mensageria e envia para ele suas ordens de compra e venda de ações. Esse operador será responsável por realizar os negócios em nome do investidor. Porém, esse modelo costuma ser restrito aos clientes de alta renda e as taxas de corretagem normalmente seguem a tabela Bovespa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Next Post

5 estratégias infalíveis para reacender a chama do seu casamento

qua set 29 , 2021
Esqueça essa ideia de: “minha esposa não me ama”/“meu marido não me ama”, pois na maioria das vezes a única coisa que está acontecendo é […]